“Seu site na primeira página do Google”: cuidado com as armadilhas

Pai SEO Zé
Imagem ilustrativa de autoria própria

Atualmente é comum a divulgação de anúncios com a promessa “Seu site na primeira página do Google” por valores incrivelmente baixos e que garantem que não é por meio Adwords, anúncios do buscador que cobram por clique.

Ter um site na primeira página de um site de busca não é uma tarefa nada simples, por causa dos seguintes fatores:

  • Atualmente o Google leva em consideração mais de 200 fatores de busca;
  • Existem milhares de páginas estão indexadas nos buscadores e esse número não para de crescer;
  • Os algoritmos (programação utilizada pelos sites de busca) são secretos, apenas são conhecidas informações divulgadas pelas empresas sobre boas praticas para um melhor posicionamento;
  • Esses algoritmos são atualizados constantemente.

Em alguns casos, algumas agências mostram cases de sucesso de clientes que conseguiram um posicionamento em bem pouco tempo, mas como ocorre esse “milagre”?

Para explicar como funciona o trabalho de SEO, vou utilizar uma definição extraída do de um artigo da Agência Mestre.

Search Engine Optimization (SEO) é um conjunto de técnicas, métodos e/ou estudos que visam melhorar o posicionamento de suas páginas no mecanismo de busca, ou seja, quando um usuário digita no mecanismo de busca uma palavra-chave, o objetivo do SEO é fazer com que uma (ou várias) das páginas do seu website, apareça entre os primeiros resultados da busca orgânica.

A partir desses estudos surgiram duas técnicas de SEO: White Hat (chapéus brancos) e Black Hat (chapéus negros). As técnicas White Hat utilizam estudos das diretrizes fornecidas pelos buscadores com o objetivo de melhorar o website e com isso melhorar o posicionamento em longo prazo, já o Black Hat aproveitam para explorar as brechas nos algoritmos dos buscadores com o objetivo de adquirir um ranqueamento de uma forma rápida.

White Hat X Black Hat

Se as técnicas Black Hat trazem benefícios em curto prazo elas são melhores que as White Hat? De forma alguma! Isso irá te trazer sérios problemas em longo prazo. Se um buscador identificar que foram utilizadas praticas ilegais em seu site, ele poderá ser banido até que o problema seja resolvido e mesmo quando ele voltar ao index, haverá uma grande probabilidade de não conseguir um bom posicionamento.

Veja alguns exemplos de técnicas do tipo black hat:

  • Texto ocultos: os buscadores avaliam o conteúdo do site para determinar o seu posicionamento, quanto mais à palavra-chave é repetida várias vezes ao decorrer de um texto, maior a probabilidade de aquele conteúdo ser relevante para a busca do usuário, porém ler um texto extremante repetitivo pode ser chato para nós humanos, por isso em alguns casos esses textos são ocultos para o usuário e ficam visíveis apenas para os spider bots, robôs dos buscadores que indexam o conteúdo;
  • Keyword Stuffing: quando uma palavra-chave é repetida uma quantidade de vezes absurda, fica aparente que o site está tentando manipular o algoritmo, um exemplo disso é o conteúdo desta página, observe quantas vezes o termo “colocar meu site na primeira página do Google” é repetido.
  • Cloaking: é semelhante à utilização de textos ocultos, a diferença é que quando os spider bots acessam o site, visualizam um conteúdo otimizado para um determinado termo e para o usuário é exibida uma página complemente diferente podendo nem conter o termo pesquisado;
  • Cópia de conteúdos de outros sites: quando você realiza uma busca, espera ver um conteúdo inédito, não uma cópia de outro site, por esse motivo caso seja identificado que aquele conteúdo é copiado, será removido do index.
  • Link Farm: na primeira versão do algoritmo do Google, o principal fator posicionamento era a quantidade de links que aquele site ou página recebia melhor poderia ser o posicionamento, aproveitando disso alguns “profiçionais” de SEO começaram a criar vários sites e páginas com o intuito de apenas de direcionar links para as páginas que eles decidiam ranquear;

Como denunciar um concorrente?

Caso o seu concorrente tenha utilizado alguma pratica ilegal para melhorar o posicionamento, em muitos casos os algoritmos conseguiram identificar essas trapaças depois de um tempo, mas caso você poderá utilizar esse formulário do Google para reportar a sua suspeita, o site não será punido automaticamente, antes ele será avaliado pela equipe da empresa e caso encontrem algum problema, aí sim o site será punido.

É preciso realizar um trabalho de SEO para que um site apareça na primeira página?

Não exatamente, a função dos buscadores é mostrar o conteúdo mais relevante para o usuário, caso o Google não te mostre um conteúdo relevante ao que você precisa, logo você começará o utilizar o Bing ou outro serviço que mostre o conteúdo desejado.

Um bom exemplo que um site pode ficar bem ranqueado sem SEO é a Caixa Econômica Federal, apesar de o site apresentar vários problemas, ele aparece bem ranqueado em diversos termos relacionados aos seus produtos e serviços. Isso ocorre por que o site recebe milhares de links e  uma alta CTR (taxa de cliques, em português).

Porém, casos como esse são raros e se foram aplicadas as técnicas corretas o posicionamento poderá melhorar muito mais!

O segmento de e-commerce é um exemplo que uma posição na SERP (página de resultados de uma busca, em português) pode representar milhões em vendas, por isso o bom trabalho de SEO é fundamental.